Enfisema subcutâneo

Definição

O enfisema subcutâneo ocorre quando o ar entra nos tecidos sob a pele. Isso normalmente ocorre na pele que cobre a parede torácica ou o pescoço, mas também pode ocorrer em outras partes do corpo.

Nomes alternativos

Crépito; Ar subcutâneo; Enfisema de tecidos

Considerações

O enfisema subcutâneo pode, com frequência, ser visto como um inchaço macio na pele. Quando o médico apalpa a pele, o enfisema produz uma sensação de crepitação incomum quando o gás é empurrado através do tecido.

Causas

Essa é uma afecção muito rara. Quando ela ocorre, as causas possíveis incluem:

Essa afecção pode ocorrer devido a:

O ar também pode ser encontrado entre as camadas de pele nos braços e nas pernas ou no torso durante determinadas infecções, inclusive gangrena gasosa ou após acidentes de mergulho.

Quando contatar um profissional de saúde

A maior parte das condições que causam enfisema subcutâneo são muito graves e geralmente a pessoa já estará sob cuidados médicos. Para alguns casos, a hospitalização é necessária, principalmente em casos de infecção.

Se você perceber ar no tecido subcutâneo em relação a qualquer uma das situações descritas acima, particularmente após trauma, ligue para um número de emergência local como o 192 imediatamente.

Não beba nenhum líquido. Não mova a pessoa a menos que seja absolutamente necessário retirá-la de um local de risco. Proteja o pescoço e as costas se for preciso mover a pessoa.

O que esperar da consulta médica

O médico medirá e monitorará os sinais vitais, incluindo:

Os sintomas serão tratados conforme necessário. A pessoa poderá receber:

O prognóstico depende da causa do enfisema subcutâneo. Se associada a trauma grave, procedimento ou infecção, a gravidade dessas condições determinará o resultado.

O enfisema subcutâneo associado ao mergulho autônomo é, na maioria das vezes, menos grave.

Referências

Byvny RL, Shockley LW. Scuba diving and dysbarism. In: Marx JA, Hockberger RS, Walls RM, et al, eds. Rosen's Emergency Medicine: Concepts and Clinical Practice. 8th ed. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2014:chap 143.

Cheng G-S, Varghese TK, Park DR. Pneumomediastinum and mediastinitis. In: Broaddus VC, Mason RJ, Ernst JD, et al, eds. Murray and Nadel's Textbook of Respiratory Medicine. 6th ed. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2016:chap 84.

Eckstein M, Henderson SO. Thoracic trauma. In: Marx JA, Hockberger RS, Walls RM, et al, eds. Rosen's Emergency Medicine: Concepts and Clinical Practice. 8th ed. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2014:chap 45.

Kosowsky JM, Kimberly HH. Pleural disease. In: Marx JA, Hockberger RS, Walls RM, et al, eds. Rosen's Emergency Medicine: Concepts and Clinical Practice. 8th ed. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2014:chap 77.


Data da revisão: 6/22/2016
Revisão feita por: Jacob L. Heller, MD, MHA, Emergency Medicine, Virginia Mason Medical Center, Seattle, WA. Also reviewed by David Zieve, MD, MHA, Isla Ogilvie, PhD, and the A.D.A.M. Editorial team.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles. 1997- A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
adam.com