Confusão

Definição

Confusão é a incapacidade de pensar na velocidade e clareza normal, incluindo a sensação de desorientação, dificuldade em prestar atenção, lembrar-se das coisas e tomar decisões.

Nomes alternativos

Desorientação; Pensamento - confuso; Pensamentos - conturbados; Alteração do estado mental - confusão

Considerações

A confusão pode ocorrer rapidamente ou lentamente ao longo do tempo, dependendo do caso. Muitas vezes, a confusão é temporária. Outras vezes, é um estado permanente e não pode ser curado, podendo estar associada ao delírio ou demência.

A confusão é mais comum em idosos e geralmente ocorre durante a internação em um hospital.

Algumas pessoas confusas podem apresentar comportamento estranho ou incomum ou podem agir agressivamente.

Causas

Causas incluem:

Cuidados em casa

Uma boa forma de descobrir se alguém está confuso é perguntar à pessoa o nome dela, sua idade e a data. Se não houver certeza ou a resposta estiver incorreta, a pessoa está confusa.

Uma pessoa confusa não deve ser deixada sozinha. Por segurança, a pessoa pode precisar de alguém por perto para acalmá-la e protegê-la de ferimentos. Raramente, restrições físicas podem ser solicitadas por um profissional de saúde.

Para ajudar uma pessoa confusa:

Para confusão repentina provocada por nível baixo de açúcar no sangue (por exemplo, por causa de medicamento para diabetes), a pessoa deve tomar uma bebida com açúcar ou comer um doce. Se a confusão durar mais do que 10 minutos, procure o médico.

Quando contatar um profissional de saúde

Ligue para um número de emergência local como o 192 se houver confusão súbita ou associada a outros sintomas, incluindo:

Também ligue se houver:

Caso você tenha tido confusão, entre em contato com o seu médico.

O que esperar da consulta médica

O médico realizará um exame físico e fará perguntas sobre os sintomas e doenças recentes ou crônicas. Ele perguntará se a pessoa sabe a data, a hora do dia e onde ela está.

Exames que podem ser realizados incluem:

O tratamento depende da causa. Por exemplo, se a causa for uma infecção, o tratamento da infecção provavelmente melhorará os sintomas de confusão.

Referências

Ball JW, Dains JE, Flynn JA, Solomon BS, Stewart RW. Mental status. In: Ball JW, Dains JE, Flynn JA, Solomon BS, Stewart RW, eds. Seidel's Guide to Physical Examination. 8th ed. Philadelphia, PA: Elsevier Mosby; 2015:chap 5.

Huff JS. Confusion. In: Walls RM, Hockberger RS, Gausche-Hill M, eds. Rosen's Emergency Medicine: Concepts and Clinical Practice. 9th ed. Philadelphia, PA: Elsevier; 2018:chap 14.

Mendez MF, Padilla CR. Delirium. In: Daroff RB, Jankovic J, Mazziotta JC, Pomeroy SL, eds. Bradley's Neurology in Clinical Practice. 7th ed. Philadelphia, PA: Elsevier; 2016:chap 4.


Data da revisão: 2/27/2018
Revisão feita por: Joseph V. Campellone, MD, Department of Neurology, Cooper Medical School at Rowan University, Camden, NJ. Review provided by VeriMed Healthcare Network. Also reviewed by David Zieve, MD, MHA, Medical Director, Brenda Conaway, Editorial Director, and the A.D.A.M. Editorial team.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles. 1997- A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
adam.com