Dor na mama

Definição

Dor mamária é qualquer desconforto ou dor na mama.

Nomes alternativos

Dor - seio; Mastalgia; Mastodinia; Sensibilidade mamária

Considerações

Há muitas causas possíveis para a dor mamária. Por exemplo, alterações nos níveis hormonais por menstruação ou gravidez com frequência causam sensibilidade na mama. Alguma quantidade de edema e sensibilidade antes de sua menstruação é normal.

Embora muitas mulheres que tenham dor em um ou ambos os seios possam temer câncer de mama, a dor no seio não é um sinal comum de câncer de mama.

Causas

Ter alguma sensibilidade no seio é normal. O desconforto pode ser causado por alterações hormonais em decorrência de:

Logo após o parto seus seios podem inchar por causa do leite. Isso pode ser muito doloroso. Se você também apresentar uma área de vermelhidão, consulte seu médico.

A amamentação também pode causar dor na mama.

Alterações fibrocísticas na mama também são uma causa comum de dor. O tecido fibrocístico contém nódulos que tendem a ficar mais sensíveis logo antes de seu período menstrual.

Alguns medicamentos também podem causar dor na mama, incluindo:

Herpes-zóster pode levar a dor nos seios se aparecer alguma erupção dolorosa com bolhas na pele em uma das mamas.

Cuidados em casa

Se você tiver dor nas mamas, as seguintes medidas podem ajudar:

Embora algumas mulheres acreditem que reduzir a quantidade de gordura, cafeína ou chocolate em sua dieta possa ajudar com os sintomas, não há evidência de que isso ajude. Vitamina E, tiamina, magnésio e óleo de prímula não são prejudiciais, mas na maioria dos estudos não demonstraram qualquer benefício. Consulte o seu médico antes de tomar qualquer medicamento ou suplemento.

Algumas pílulas anticoncepcionais podem ajudar a aliviar a dor mamária. Pergunte ao seu médico se essa terapia seria recomendada para o seu caso.

Quando contatar um profissional de saúde

Consulte seu médico se tiver:

O que esperar da consulta médica

Seu médico vai realizar um exame nos seios e vai fazer perguntas sobre sua dor. Ele poderá solicitar uma mamografia ou ultrassonografia.

Seu médico poderá marcar uma consulta de acompanhamento se seus sintomas não desaparecerem em um determinado período de tempo. Ele poderá encaminhar você a um especialista.

Referências

Hunt KK, Mittendorf EA. Diseases of the breast. In: Townsend CM Jr, Beauchamp RD, Evers BM, Mattox KL, eds. Sabiston Textbook of Surgery. 20th ed. Philadelphia, PA: Elsevier; 2017:chap 34.

Jacobs L, Hardin R. Management of benign breast disease. In: Cameron JL, Cameron AM, eds. Current Surgical Therapy. 11th ed. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2014:565-567.

Olawaiye AB, Alvero R. Mastodynia. In: Ferri FF, ed. Ferri's Clinical Advisor 2017. Philadelphia, PA: Elsevier; 2017:767-767.

Sandadi S, Rock DT, Orr JW, Valea FA. Breast diseases: detection, management, and surveillance of breast disease. In: Lobo RA, Gershenson DM, Lentz GM, Valea FA, eds. Comprehensive Gynecology. 7th ed. Philadelphia, PA: Elsevier; 2017:chap 15.


Data da revisão: 11/11/2016
Revisão feita por: Mary C. Mancini, MD, PhD, Department of Surgery, Louisiana State University Health Sciences Center-Shreveport, Shreveport, LA. Review provided by VeriMed Healthcare Network. Also reviewed by David Zieve, MD, MHA, Medical Director, Brenda Conaway, Editorial Director, and the A.D.A.M. Editorial team.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles. 1997- A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
adam.com