Trauma de medula espinhal

Definição

O trauma da medula espinhal é uma lesão na medula espinhal. Ele pode resultar de uma lesão feita diretamente na medula ou indiretamente a partir de doenças nos ossos, tecidos ou vasos sanguíneos adjacentes.

Nomes alternativos

Lesão da medula espinhal; Compressão da medula espinhal; LME; Compressão medular

Causas

A medula espinhal contém os nervos que transmitem mensagens entre o cérebro e o corpo. A medula espinhal estende-se do pescoço até a primeira vértebra lombar.

A lesão da medula espinhal pode resultar de:

Mesmo uma pequena lesão pode provocar o trauma da medula espinhal. Condições com artrite reumatoide ou osteoporose podem enfraquecer a medula espinhal. Poderá haver lesão também se o canal que protege a medula espinhal estiver muito estreito (estenose espinhal) devido ao processo normal de envelhecimento.

Lesões diretas podem ocorrer como resultado de:

Sangramento, acúmulo de líquidos e inchaço podem ocorrer dentro ou fora da medula espinhal (mas dentro do canal espinhal), ocasionando compressão e lesão.

A maioria dos traumas da medula espinhal acontece com indivíduos jovens e saudáveis. Geralmente, homens entre 15 e 35 anos são os mais afetados.

Fatores de risco incluem:

Idosos com a coluna enfraquecida devido à osteoporose podem apresentar trauma na medula espinhal após impacto baixo, como quedas a partir da posição sentada ou da própria altura.

Sintomas

Os sintomas variam dependendo da localização da lesão. O trauma da medula espinhal causa fraqueza e perda sensorial no local do trauma e abaixo dele. A gravidade dos sintomas depende de a medula estar gravemente lesionada (completa) ou apenas parcialmente lesionada (incompleta).

A medula espinhal não continua abaixo da primeira vértebra lombar, assim, as lesões abaixo desse ponto não causam trauma da medula espinhal. Entretanto, elas podem causar a síndrome da cauda equina, uma lesão das raízes nervosas dessa área. Esta é uma emergência médica e necessita cirurgia imediatamente.

A lesão da medula espinhal em qualquer nível pode causar:

LESÕES CERVICAIS (PESCOÇO)

Quando as lesões da medula espinhal ocorrem na área do pescoço, os sintomas podem atingir os braços, as pernas e o meio do corpo. Os sintomas:

LESÕES TORÁCICAS (NA ALTURA DO TÓRAX)

Quando as lesões medulares ocorrem na altura do tórax, os sintomas podem atingir as pernas.

Lesões na medula cervical ou na medula torácica superior também podem resultar em:

LESÕES LOMBOSSACRAIS (PARTE INFERIOR DAS COSTAS)

Quando as lesões medulares ocorrem na parte inferior das costas, sintomas de vários níveis podem afetar uma ou ambas as pernas. Os músculos que controlam o intestino e a bexiga podem ser afetados. A lesão da coluna pode danificar a medula espinhal se ela for na parte superior da coluna lombar, ou danificar as raízes nervosas se a lesão for na parte inferior da coluna lombar.

Sinais e testes

O trauma na medula espinhal é uma emergência médica que requer atenção imediata.

O médico realizará um exame físico, inclusive neurológico. Isso vai ajudar a identificar a localização exata da lesão, se ela ainda for desconhecida.

Alguns reflexos podem estar irregulares ou ausentes. Alguns reflexos podem lentamente retornar conforme o inchaço vai diminuindo.

Os seguintes testes podem ser requisitados:

Tratamento

Um trauma na medula espinhal é uma emergência médica que requer tratamento imediato para reduzir os efeitos de longo prazo. O tempo que se leva para iniciar o tratamento após a lesão ter ocorrido é um fator crítico que afeta qualquer resultado do tratamento.

Corticoides são usados para minimizar a inflamação que pode lesionar a medula espinhal, embora a evidência da sua eficácia não seja clara.

Se a compressão na medula espinhal for causada por uma massa que pode ser removida ou reduzida antes que os nervos fiquem completamente destruídos, a paralisia pode ser minimizada.

A cirurgia pode ser necessária para:

Pode ser necessário repousar na cama para que os ossos da coluna se recuperem.

Pode ser recomendada a tração espinhal. Isso ajuda a coluna a não se movimentar. O crânio é imobilizado com tenazes (suportes de metal colocados no crânio e anexados a pesos de tração ou a arreios no corpo). É possível que seja necessário o uso de próteses por um longo tempo.

A equipe de assistência médica fornecerá informações sobre espasmos musculares e disfunção da bexiga e do intestino. A equipe também discutirá com você cuidados da pele e prevenção de escaras (úlceras de pressão).

Serão necessárias fisioterapia e terapia ocupacional extensivas, além de outras terapias de reabilitação, depois que a lesão aguda tiver sido curada. A reabilitação ajuda a pessoa a lidar com a deficiência proveniente do trauma da medula espinhal.

Grupos de apoio

Pergunte à equipe médica sobre organizações e associações para pacientes que sofreram lesão espinhal. Elas podem fornecer apoio enquanto você se recupera.

Expectativas (prognóstico)

O prognóstico depende sobretudo do nível da lesão. Lesões da coluna superior causam deficiências mais incapacitantes.

A paralisia e a perda da sensação de parte do corpo são comuns. Isso inclui paralisia total ou dormência e vários graus de perda de sensações ou movimentos. A lesão medular pode resultar em morte, principalmente se houver paralisia dos músculos da respiração.

A recuperação de algum movimento ou de sensação no período de uma semana geralmente significa boas chances de recuperação de outras funções, embora isso possa levar 6 meses ou mais. Perdas que duram mais de 6 meses provavelmente serão permanentes.

Os cuidados de rotina intestinal frequentemente levam mais de uma hora no dia a dia. A maioria das pessoas com lesão medular deve realizar cateterização da bexiga regularmente.

Geralmente, são necessárias mudanças na casa onde a pessoa habita.

Muitas pessoas com lesão medular são cadeirantes ou precisam de dispositivos de assistência para se locomover.

Complicações

Possíveis complicações de um trauma de medula espinhal incluem:

Pessoas não hospitalizadas com lesão medular devem seguir estas dicas para evitar complicações:

Quando contatar um profissional de saúde

Procure seu médico se ocorrerem lesões nas costas ou no pescoço. Ligue para 192 ou outro número de emergência local se houver qualquer perda de sensação ou movimento. A lesão espinhal é uma emergência médica.

O gerenciamento da lesão medular começa no local do acidente, com paramédicos imobilizando a coluna machucada para evitar danos adicionais ao sistema nervoso.

Pessoas com suspeita de terem uma lesão medular não devem ser movidas sem os imobilizadores, a não ser que haja alguma ameaça imediata.

Prevenção

As seguintes medidas podem ajudar a prevenir lesões da medula:

Referências

Arora S, Flower OJ. Spinal injuries. In: Bersten AD, Soni N, eds. Oh's Intensive Care Manual. 7th ed. Philadelphia, PA: Elsevier; 2014:chap 78.

Bryce TN. Spinal cord injury. In: Cifu DX, ed. Braddom's Physical Medicine and Rehabilitation. 5th ed. Philadelphia, PA: Elsevier; 2016:chap 49.

Dalzell K, Nouri A, Fehlings MG. The timing of management of spinal cord injuries. In: Browner BD, Jupiter JB, Krettek C, Anderson PA, eds. Skeletal Trauma: Basic Science, Management, and Reconstruction. 5th ed. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2015:chap 32.

Kaji AH, Newton EJ, Hockberger RS. Spinal injuries. In: Marx JA, Hockberger RS, Walls RM, et al, eds. Rosen's Emergency Medicine. 8th ed. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2014:chap 43.

Snyder LA, Tan L, Gerard C, Fessler RG. Spinal cord trauma. In: Daroff RB, Jankovic J, Mazziotta JC, Pomeroy SL, eds. Bradley's Neurology in Clinical Practice. 7th ed. Philadelphia, PA: Elsevier; 2016:chap 63.


Data da revisão: 5/9/2016
Revisão feita por: Luc Jasmin, MD, PhD, FRCS (C), FACS, Department of Surgery at Providence Medical Center, Medford OR; Department of Surgery at Ashland Community Hospital, Ashland OR; Department of Maxillofacial Surgery at UCSF, San Francisco, CA. Review provided by VeriMed Healthcare Network. Also reviewed by David Zieve, MD, MHA, Isla Ogilvie, PhD, and the A.D.A.M. Editorial team.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles. 1997- A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
adam.com