Lúpus eritematoso sistêmico

Definição

O lúpus eritematoso sistêmico é uma doença autoimune. Nesta doença, o sistema imune ataca tecidos saudáveis por engano. O lúpus pode afetar a pele, as articulações, os rins, o cérebro e outros órgãos.

Nomes alternativos

Lúpus eritematoso disseminado; LES; Lúpus; Lúpus eritematoso; Lúpus discoide; Rash em asa de borboleta - LES

Causas

A causa exata das doenças autoimunes não é totalmente conhecida.

O lúpus é muito mais comum em mulheres do que em homens. Pode ocorrer em qualquer idade, mas aparece mais frequentemente em pessoas entre 10 e 44 anos. Afrodescendentes e asiáticos são afetados com mais frequência.

O lúpus também pode ser causado por algumas drogas.

Sintomas

Os sintomas podem variar de uma pessoa a outra, podendo ser intermitentes (aparecer e desaparecer). Quase todas as pessoas com lúpus apresentam edema e dor nas articulações. Algumas desenvolvem artrite. As articulações frequentemente afetadas são as dos dedos, mãos, punhos e joelhos.

Outros sintomas comuns incluem:

O rash em forma de asa borboleta sobre as bochechas e a ponte do nariz afeta cerca de metade das pessoas com lúpus. O rash piora com a luz do sol e pode ser generalizado.

Outros sintomas dependem de qual é a parte do corpo afetada:

Alguns pacientes têm apenas sintomas de pele. Esse tipo é chamado de lúpus discoide.

Sinais e testes

Para ser diagnosticado com lúpus, é preciso ter 4 dos 11 sinais típicos da doença. Quase todas as pessoas com lúpus têm um resultado positivo do teste para anticorpo antinuclear. No entanto, ter anticorpo antinuclear positivo isoladamente não significa que você tenha lúpus.

O médico realizará um exame físico completo. Você poderá ter um rash, artrite ou edema nos tornozelos. Um som anormal chamado atrito pericárdico ou atrito pleural poderá ser auscultado. Um exame do sistema nervoso também pode ser realizado.

Os exames usados para diagnosticar o lúpus eritematoso sistêmico incluem:

Essa doença também pode alterar os resultados dos seguintes exames:

Tratamento

Não há cura para o lúpus. O objetivo do tratamento é controlar os sintomas. Sintomas graves que afetam o coração, os pulmões, os rins e outros órgãos precisam de atenção médica especializada.

Opções de tratamento da doença branda incluem:

O tratamento para lúpus mais grave inclui:

Se você tem lúpus, é importante:

A psicoterapia e os grupos de apoio podem ajudar a aliviar a depressão e as alterações no humor que venham a ocorrer em pacientes com a doença.

Grupos de apoio

Frequentar um psicólogo ou grupos de apoio pode ajudar pacientes a lidar com os problemas emocionais associados à doença.

Expectativas (prognóstico)

O prognóstico das pessoas vivendo com lúpus eritematoso sistêmico melhorou muito nos últimos anos. Muitas pessoas com lúpus têm sintomas leves. A gravidade da doença é o principal determinante do prognóstico. A maioria dos pacientes deve tomar medicamentos no longo prazo. Praticamente todas as pessoas com lúpus necessitarão usar hidroxicloroquina continuamente.

A doença tende a ser mais ativa:

As mulheres que sofrem de lúpus e engravidam geralmente são capazes de manter a gravidez e dar à luz um bebê saudável, desde que não sofram de doença renal ou cardíaca grave e que o lúpus esteja sendo tratado adequadamente. Entretanto, a presença de anticorpos antilúpico e antifosfolipídeo pode aumentar o risco de aborto espontâneo.

Complicações

Algumas pessoas com lúpus têm depósitos anormais nas células dos rins. Isso leva a uma doença chamada de nefrite lúpica. Os pacientes com essa doença podem acabar desenvolvendo insuficiência renal e precisar de diálise ou de um transplante renal.

O lúpus causa danos em diferentes partes do corpo, inclusive:

Tanto o lúpus quanto algumas medicações usadas no tratamento podem causar dano ao feto. Converse com o seu médico antes de planejar uma gravidez. Se você engravidar, procure um especialista com experiência em lúpus e gravidez.

Quando contatar um profissional de saúde

Entre em contato com o seu médico se você tiver sintomas de lúpus eritematoso sistêmico, ou se você tiver essa doença e seus sintomas piorarem ou um novo sintoma aparecer. 

Referências

Arntfield RT, Hicks CM. Systemic lupus erythematosus and the vasculitides. In: Walls RM, Hockberger RS, Gausche-Hill M, eds. Rosen's Emergency Medicine: Concepts and Clinical Practice. 9th ed. Philadelphia, PA: Elsevier; 2018:chap 108.

Crow MK. Etiology and pathogenesis of systemic lupus erythematosus. In: Firestein GS, Budd RC, Gabriel SE, McInnes IB, O'Dell JR, eds. Kelley's and Firestein's Textbook of Rheumatology. 10th ed. Philadelphia, PA: Elsevier; 2017:chap 79.

Crow MK. Systemic lupus erythematosus. In: Goldman L, Schafer AI. Goldman-Cecil Medicine. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2016:chap 266.

Gilek-Seibert K. Systemic lupus erythematosus. In: Ferri FF, ed. Ferri's Clinical Advisor 2018. Philadelphia, PA:

Lisnevskaia L, Murphy G, Isenberg D. Systemic lupus erythematosus. Lancet. 2014;384(9957):1878-1888. PMID: 24881804 www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24881804.

National Institute of Arthritis and Musculoskeletal and Skin Diseases website. Systemic lupus erythematosus (lupus). www.niams.nih.gov/Health_Info/Lupus/default.asp. Updated June 2016. Accessed August 30, 2017.

van Vollenhoven RF, Mosca M, Bertsias G, et al. Treat-to-target in systemic lupus erythematosus: recommendations from an international task force. Ann Rheum Dis. 2014;73:958-967. PMID: 24739325 www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24739325.


Data da revisão: 7/14/2017
Revisão feita por: Gordon A. Starkebaum, MD, Professor of Medicine, Division of Rheumatology, University of Washington School of Medicine, Seattle, WA. Also reviewed by David Zieve, MD, MHA, Medical Director, Brenda Conaway, Editorial Director, and the A.D.A.M. Editorial team.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles. 1997- A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
adam.com