Espondilite anquilosante

Definição

A espondilite anquilosante é uma forma crônica de artrite que afeta principalmente os ossos e as articulações entre a coluna vertebral e a pelve, causando inflamação e edema. Com o tempo, pode haver fusão entre os ossos da coluna afetados.

Nomes alternativos

Espondilite; Espondiloartropatia

Causas

A espondilite anquilosante faz parte de uma família de condições semelhantes de artrite chamadas espondiloartrites. Outros membros incluem a artrite psoriática, a artrite da doença inflamatória intestinal e a artrite reativa. As espondiloartrites parecem ser bastante comuns, afetando até 1 em cada 100 pessoas.

A causa da espondilite anquilosante é desconhecida, mas fatores genéticos parecem ser determinantes. A maioria das pessoas com espondilite anquilosante tem um teste positivo para HLA-B27.

A doença geralmente se manifesta entre 20 e 40 anos, mas pode aparecer antes dos 10 anos. Ela afeta mais homens do que mulheres.

Sintomas

A doença começa com uma dor intermitente na coluna lombar. À medida que a condição avança, a dor estará presente na maior parte do tempo.

Outras partes do corpo que podem apresentar rigidez ou dor incluem:

Fadiga também é um sintoma comum. Febre baixa pode ocorrer mais raramente.

A espondilite anquilosante pode ocorrer juntamente com outras condições, tais como:

Sinais e exames

Os exames podem incluir:

Tratamento

Seu médico poderá prescrever anti-inflamatórios não esteroides para reduzir a inflamação e a dor. Alguns medicamentos anti-inflamatórios como aspirina e ibuprofeno são vendidos sem receita médica, enquanto outros só poderão ser adquiridos com receita. De qualquer forma, nunca tome medicamentos sem antes conversar com o seu médico.

Você poderá precisar de medicamentos mais fortes para controlar a inflamação e a dor. Seu médico poderá prescrever:

A cirurgia poderá ser feita se a dor ou o dano nas articulações forem graves.

Exercícios podem ajudar a melhorar a postura e a respiração. Deitar de barriga para cima de noite pode ajudar a manter a postura normal.

Expectativas (prognóstico)

A evolução da doença é imprevisível. Os sintomas podem aparecer e desaparecer a qualquer momento. A maioria das pessoas consegue se movimentar normalmente a menos que os quadris estejam seriamente afetados. Frequentar um grupo de apoio de com pessoas com o mesmo problema pode ajudar.

O tratamento com anti-inflamatórios geralmente reduz a dor e o inchaço. O tratamento com inibidores do TNF parece diminuir a progressão da artrite da coluna vertebral.

Raramente, as pessoas com espondilite anquilosante podem apresentar outros problemas:

Quando contatar um profissional de saúde

Entre em contato com o seu médico se:

Prevenção

A prevenção é desconhecida. A conscientização sobre os fatores de risco pode possibilitar a detecção precoce e o tratamento.

Referências

Callhoff J, Sieper J, Weiß A, Zink A, Listing J. Efficacy of TNFa blockers in patients with ankylosing spondylitis and non-radiographic axial spondyloarthritis: a meta-analysis. Ann Rheum Dis. 2014;74(6):1241-1248. PMID: 24718959 www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24718959.

Ferri FF. Ankylosing spondylitis. In: Ferri FF ed. Ferri's Clinical Advisor 2016. Philadelphia, PA: Elsevier; 2016:121-122.

Hu SS, Ananthakrishnan D. Ankylosing spondylitis. In: Herkowitz HN, Garfin SR, Eismont FJ, Bell GR, et al, eds. Rothman-Simeone The Spine. 6th ed. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2011:chap 35.

Reveille, JD. Epidemiology of spondyloarthritis in North America. Am J Med Sci. 2011;341(4): 284-286 PMID: 21430444 www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21430444.

van der Linden SM, Baeten D, Maksymowych WP. Ankylosing spondylitis. In: Firestein GS, Budd RC, Gabriel SE, Mclnnes IB, O'Dell JR, eds. Kelley's Textbook of Rheumatology. 9th ed. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2013:chap 75.

Ward MM, Deodhar A, Akl EA, et al. American College of Rheumatology/Spondylitis Association of America/Spondyloarthritis Research and Treatment Network. 2015 recommendations for the treatment of ankylosing spondylitis and nonradiographic axial spondyloarthritis. Arthritis Rheumatol. 2016;68(2):282-298. PMID: 26401991 www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26401991.

Werner BC, Feuchtbaum E, Shen FH, Samartzis D. Ankylosing spondylitis of the cervical spine. In: Shen FH, Samartzis D, Fessler RG, eds. Textbook of the Cervical Spine. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2015:chap 28.


Data da revisão: 1/16/2016
Revisão feita por: Gordon A. Starkebaum, MD, Professor of Medicine, Division of Rheumatology, University of Washington School of Medicine, Seattle, WA. Also reviewed by David Zieve, MD, MHA, Isla Ogilvie, PhD, and the A.D.A.M. Editorial team.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles. 1997- A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
adam.com