Raquitismo

Definição

Raquitismo é um distúrbio causado pela falta de vitamina D, cálcio ou fosfato. Ele causa o amolecimento e o enfraquecimento dos ossos.

Nomes alternativos

Osteomalácia em crianças; Deficiência de vitamina D; Raquitismo renal; Raquitismo hepático

Causas

A vitamina D ajuda o corpo a controlar os níveis de cálcio e fosfato. Se os níveis desses minerais no sangue tornam-se muito baixos, o corpo pode produzir hormônios que causam a retirada de cálcio e fosfato dos ossos, levando a ossos fracos e flexíveis.

A vitamina D é absorvida através de alimentos ou produzida pela pele quando exposta à luz solar. A falta de produção de vitamina D pela pele pode ocorrer em pessoas que:

Pode haver falta de vitamina D em sua dieta se você:

Bebês em aleitamento materno exclusivo podem desenvolver deficiência de vitamina D. O leite materno não fornece as quantidades ideais de vitamina D. Isso pode ser um problema principalmente para crianças de pele mais escura nos meses de inverno, quando há menos luz solar.

A falta de cálcio e fósforo na alimentação também pode levar ao raquitismo. O raquitismo causado pela falta desses minerais na alimentação é raro em pessoas vivendo em condições socioeconômicas adequadas. O cálcio e o fósforo são encontrados no leite e em vegetais folhosos.

A genética pode aumentar o risco de raquitismo. O raquitismo hereditário é uma forma da doença transmitida pelos pais. Ele ocorre quando os rins não são capazes de reter fosfato. O raquitismo também pode ser causado por problemas nos rins ligados à acidose tubular renal.

Distúrbios que reduzem a digestão ou absorção de gordura dificultam a absorção de vitamina D pelo corpo.

Ocasionalmente, o raquitismo pode ocorrer em crianças que têm distúrbios do fígado ou que não podem transformar a vitamina D em sua forma ativa.

O raquitismo ocorre com mais frequência em crianças, durante períodos de crescimento rápido, quando o corpo precisa de altos níveis de cálcio e fosfato. O raquitismo pode ser visto em crianças de 6 a 24 meses, sendo raro em recém-nascidos.

Sintomas

Sintomas de raquitismo incluem:

Sinais e exames

Um exame físico identifica sensibilidade ou dor nos ossos, mas não nas articulações ou músculos.

Os seguintes exames podem ajudar no diagnóstico do raquitismo:

Outros exames e procedimentos incluem:

Tratamento

Os objetivos do tratamento são aliviar os sintomas e corrigir a causa do problema. A causa deve ser tratada para evitar o retorno da doença.

A reposição do cálcio, do fósforo ou da vitamina D que estão faltando eliminará a maior parte dos sintomas do raquitismo. Fontes de vitamina D incluem peixe, fígado e leite processado.

A exposição moderada ao sol é recomendada. Se o raquitismo é causado por um problema metabólico, pode ser preciso uma prescrição para suplementos de vitamina D.

Aparelhos ortopédicos podem ser usados para reduzir ou evitar deformidades. Algumas deformidades ósseas precisam de cirurgia corretiva.

Expectativas (prognóstico)

O distúrbio pode ser corrigido repondo a vitamina D e minerais. Os resultados laboratoriais e as radiografias geralmente melhoram depois de uma semana, mas alguns casos podem precisar de doses maiores de minerais e vitamina D.

Se o raquitismo não for corrigido quando a criança ainda estiver em crescimento, as deformidades ósseas e a baixa estatura poderão ser permanentes. Se corrigidas quando a criança é nova, as deformidades ósseas geralmente melhoram ou desaparecem com o tempo.

Complicações

Possíveis complicações incluem:

Quando contatar um profissional de saúde

Entre em contato com o médico do seu filho se perceber sintomas de raquitismo.

Prevenção

É possível prevenir o raquitismo através de uma alimentação rica em cálcio, fósforo e vitamina D. Crianças com distúrbios gastrointestinais ou outras doenças podem precisar tomar suplementos. Consulte o médico do seu filho.

A baixa absorção de vitamina D causada pelos rins (renal) deve ser tratada imediatamente. Pessoas com distúrbios renais devem monitorar regularmente os níveis de cálcio e fósforo.

Consultar um geneticista pode ajudar as pessoas que têm um histórico familiar de distúrbios hereditários que causam raquitismo.

Referências

Greenbaum LA. Rickets and hypervitaminosis D. In: Kliegman RM, Stanton BF, St. Geme JW, Schor NF, eds. Nelson Textbook of Pediatrics. 20th ed. Philadelphia, PA: Elsevier; 2016:chap 51.

Whiting SJ, Calvo MS. Nutrition and lifestyle effects on vitamin D status. In: Feldman D, Pike JW, Adams JS, eds. Vitamin D. 3rd ed. Philadelphia, PA: Elsevier; 2011:chap 54.


Data da revisão: 8/31/2016
Revisão feita por: Neil K. Kaneshiro, MD, MHA, Clinical Assistant Professor of Pediatrics, University of Washington School of Medicine, Seattle, WA. Also reviewed by David Zieve, MD, MHA, Isla Ogilvie, PhD, and the A.D.A.M. Editorial team.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles. 1997- A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
adam.com